ORQUÍDEAS * BROMÉLIAS: Julho 2021

quinta-feira, 15 de julho de 2021

280 - Orquídea: Bulbophyllum carunculatum

"Bulbophyllum é o gênero de orquídeas com a maioria das espécies constantes (cerca de 2 mil) e ainda hoje são encontradas e descritas novas plantas (...). A maior diversidade de espécies é encontrada na floresta de Papua Nova Guiné, no Sudeste da Ásia, com mais de 600 espécies diferentes encontradas nesta área. Eles também são nativos das regiões tropicais da Austrália, África, América Central e América do Sul. Em Bornéu encontraram mais de 200 espécies e 135 espécies em Madagascar. Com uma tal variedade de plantas e ambientes, você não pode generalizar o seu cultivo. Há espécies epífitas e rupícolas, crescendo em florestas densas, subindo em relação a outras plantas ou penhascos rochosos, lugares com  umidade elevada e também seca".

"Bulbophyllum carunculatum Garay, Hamer, e Siegerist 1994 é uma orquídea epífita encontrada apenas em Sulawesi (Celebes Island) em torno de 1.000 metros (...). Geralmente florescem no verão em um ponto da flor de até meio metro que pode transportar uma dúzia de grandes flores com cores vivas (pétalas amarelas e sépalas limão ou laranja-vermelho e lábio roxo) e cheiro característico desagradável, que se abrem em sucessão por vezes, durante vários meses. Para instalá-lo, escolher local com luz filtrada ou sombreada e boa ventilação, com temperaturas intermediárias puxando para lugares quentes. Mantenha úmido durante todo o ano, um pouco menos no inverno e se você cultivá-lo em suportes de madeira ou cortiça, regar sem medo de água durante todo o verão, até mesmo algumas vezes por dia, se estiver quente, musgo úmido para manter as raízes úmidas. A umidade deve estar acima de 50%, ou até maior se tem uma boa ventilação (...).[i]

Observação endógena: foi adquirida, ainda pequena, em janeiro de 2016. A primeira floração ocorreu apenas a partir de março de 2021, ou seja, pouco mais de 5 anos depois (uma longa espera, é verdade), mas é assim que se cultiva orquídeas (tendo paciência e persistência)!
Atualmente está sendo cultivada em vaso de argila, com substrato casca de pinus, carvão e um pouco de sphagnum.
Houve uma sucessão de flores, mas não se pode ver algumas delas em simultâneo e por fim gerou duas cápsulas de sementes.
Detalhe de uma das cápsulas de sementes (foram produzidas duas).


segunda-feira, 5 de julho de 2021

Anacheilium aemulae - flores 2021

Hoje trazendo mais uma bela floração desta Anacheilium aemulae. Ainda bem que nos últimos anos ela vem se reestruturando e produzindo flores mais bonitas e abundantes, semelhante ao que ocorria anteriormente, antes de ela ter sofrido bastante n'alguns verões anteriores, bem como por conta de algum descuido no procedimento de cultivo.
Pessoal, tenho visto outras nomenclaturas quando se refere a esta orquídea, no entanto, acredito que esta seja a identificação aceita mais recentemente, e por isso a mais apropriada.
Quem tiver outras indicações, favor deixar nos comentários!
Grande abraço!

Amigos e Seguidores