segunda-feira, 26 de outubro de 2020

388 - Orquídea: Epidendrum rigidum

Pequena espécie epífita de Epidendrum. É uma das primeiras espécies de orquídeas descritas, publicada em 1760 por Jacquin. A espécie tem grande dispersão geográfica, ocorrendo desde a América Central até o sul do Brasil, mas tem apenas uma sinonímia heterotípica, Epidendrum pium Rchb.f. & Warm.”.

“Trata-se de uma espécie bastante fácil de identificar mesmo sem flor, dadas algumas características do vegetal”:

- crescimento ereto;

- folhas coriáceas até 6 cm de comprimento por até 2 cm de largura, amplexicaules (ou seja, sem pecíolo, com sua base envolvendo o caule);

- rizoma de até 3 cm (relativamente longo para uma espécie desse porte);

- caules de até 15 cm, com pouco mais de 1/2 cm de largura, não ramificados e de espessura constante da base à extremidade.

“Floresce no inverno. A inflorescência é apical, surgindo envolta em brácteas longas, que cobrem parte das flores, que são verdes-amareladas, com até 1 cm de diâmetro e de 3 a 8 por inflorescência. Os segmentos florais são rígidos e brilhosos. As pétalas e sépalas são levemente côncavas, com sépalas de 0,5 a 0,8 cm de comprimento por 0,3-0,4 cm de largura, enquanto as pétalas são um pouco menores no comprimento e com um terço da largura das sépalas. O labelo é carnoso, sem lóbulos, de colorido um pouco mais claro que as pétalas e sépalas e apresenta uma calosidade na base, em forma de duas saliências”.

“O nome da espécie vem do latim e é referência à rigidez das folhas e/ou das flores.[i]

Observação endógena:
esta é uma micro orquídea que foi conseguida em 2018 aqui mesmo na nossa região, até porque sua área de abrangência envolve  naturalmente também o nosso estado de Alagoas. Dois anos após a sua aquisição ela veio a florir, exatamente neste ano de 2020, entre os meses de junho e outubro, produzindo mais de três dezenas de flores e algumas cápsulas de sementes. Tenho observado que se trata de uma orquídea de fácil cultivo, muito resistente e de entouceiramento razoavelmente rápido. Está sendo cultivada em vaso de plástico, com subtrato específico para epífitas. Tenho outras mudas amarradas em árvores e também em pedaços de madeira, sem substrato envolto e mesmo assim têm se desenvolvido muito bem.

segunda-feira, 19 de outubro de 2020

Rodriguezia decora - sua segunda floração

Quem tem esta linda orquídea do gênero rodriguezia, na sua coleção, sabe como ela é incrível, talvez uma das mais bonitas (na minha modesta opinião). Desta vez a florada foi maior do que a anterior, em cerca de 24 belas flores, que, de certa forma, se alternam entre flores murchas e novas flores, o que faz com que não se possa fazer o registro de um ramalhete ainda mais denso (infelizmente). 

quarta-feira, 14 de outubro de 2020

Lc. Gold Digger 'Mandarin' - flores 2020

Mais uma incrível florada desta orquídea híbrida, a Lc. Gold Digger 'Mandarin', que cada vez mais vem produzindo flores em quantidade e qualidade incríveis. Já estava entouceirando, mas fui "obrigado" a fazer um corte nela, por conta de uma pessoa que cultiva orquídeas, chegou aqui em casa e viu ela florida, simplesmente "enlouqueceu" (risos)!

quarta-feira, 7 de outubro de 2020

Sophronitis cernua: flores 2020

Finalmente esta danadinha, que eu considero de difícil cultivo (ou no mínimo, exigente) voltou a florir, depois de passar o ano de 2019 sem produzir flores. Desta vez foram três belíssimas flores, de um tom ainda mais incrível, conforme se pode ver nas fotografias. Além disso, conseguiu também produzir uma cápsula de sementes. Está plantada (fixada) num pedacinho de tronco de madeira, com um pouco de esfagno e de musgo em volta, para ajudar a manter a umidade por mais tempo.

quarta-feira, 30 de setembro de 2020

Catasetum osculatum moreno - flores 2020

Eis que cerca de 6 anos depois eu volto a mostrar as flores do Catasetum osculatum moreno, um catasetum de flores muito bonitas, no que se refere aos detalhes, cores e perfume, dentre outras características.

Assim como os demais catasetums que são espécies, as flores deste catasetum duram apenas poucos dias (são chamadas de efêmeras) e por isso é bom correr para aproveitar e contemplar a beleza das suas flores, bem como fazer o devido registro.

Atualmente está sendo cultivado no vaso de plástico, com substrato indicado para epífitas.


segunda-feira, 21 de setembro de 2020

240 - Bc. maikai 'mayumi' - 10 floradas consecutivas

Quem também completou 10 floradas consecutivas foi este belo híbrido, a Bc. maikai 'mayumi', que por sinal se encontra na condição de uma bela touceira, fazendo-se necessário o replante num vaso maior, ou mesmo a realização de cortes na sequência.

Abaixo você vai ver o gráfico que descrimina melhor a produção dessas 10 Floradas consecutivas, que compreende o período desde 2015 a 2020, isto corresponde a 5 anos. A maior quantidade de flores produzidas foi exatamente a última registrada, agora em 2020, com 58 flores produzidas em pelo menos 5 pseudobulbos. Em nenhuma das florações houve a produção de cápsulas de sementes (algo que realmente não é comum neste híbrido).


sexta-feira, 11 de setembro de 2020

237 - Pot. Burana beauty 'Burana' - 10 floradas consecutivas

 
Mais uma orquídea da minha coleção completou a 10ª Florada consecutiva, isso significa que ela produziu 10 floradas num intervalo de 6 anos, ou seja, desde 2015 a 2020. Desta vez foi este belo híbrido de Potinara. Esta é uma das mais caprichosas potinaras, quando se trata de beleza nas suas flores, a Pot. burana beauty 'Burana'. As Potinaras são híbridos complexos, chamados de intergenéricos, resultantes do cruzamento entre orquídeas de quatro diferentes gêneros: BrassavolaLaeliaCattleya e Sophronitis, o que resulta em híbridos fantásticos, precoces, resistentes e de florações muito interessantes. Esta, especificamente, é resultante do cruzamento entre a Potinara Netrasiri Starbright e a Cattleya Netrasiri Beauty, esta orquídea logo se tornou mundialmente conhecida, tendo sido premiada pela American Orchid Society já no ano seguinte ao seu registro. 
Como se pode ver no gráfico/figura abaixo, o pico na quantidade de flores produzidas ocorreu no primeiro semestre de 2017, quando ela produziu 18 flores, em três pseudobulbos. A partir do segundo semestre de 2018 a produção de flores diminuiu drasticamente porque foi necessário fazer cortes na mesma.

Amigos e Seguidores