terça-feira, 12 de junho de 2018

Bromélia: Tillandsia cyanea

A Tillandsia cyanea é originária do Equador. A inflorescência surge de uma forma de espiga achatada com as brácteas cor-de-rosa e as flores em azul violeta, muito ornamental. O epíteto específico do latim cyanea significa azul, referindo-se ao intenso tom violeta-violeta das flores.
Trata-se de uma epífita perene que cresce até 50 cm de altura por 50 cm de largura, possui rosetas sem haste de folhas finas e recurvadas e pontas em forma de remo de 20 brácteas rosas com flores violetas, floresce na primavera e no outono. 
Esta planta é frequentemente cultivada como uma planta de baixa manutenção em regiões temperadas, muitas vezes vendida ao lado de orquídeas ou por si só.
Naturalmente, é uma herbácia rupícola muito resistente a solos secos. Pode ser cultivada em vasos ou jardineiras como planta pendente ou também ser utilizada como forração em pequenos canteiros.
Tillandsia cyanea prefere luz indireta clara ou filtrada por cortinas. Plante-a numa mistura de duas partes de composto orgânico, uma de terra comum e uma de areia grossa.
Portanto, não aprecia sol direto e deve ser cultivada em espaço protegido, com substrato úmido.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Amigos e Seguidores

Amigos no G+