ORQUÍDEAS * BROMÉLIAS: Junho 2021

segunda-feira, 21 de junho de 2021

386 - Orquídea: Epidendrum ibaguense 'red'

“Nativa da Guiana Francesa, Venezuela, Colômbia e Norte do Brasil, perene, de até 1 m de altura e muito ornamental. É uma espécie de orquídea terrestre, sem pseudobulbos”.

“Haste de nervura simétrica que apresenta um hábito pseudomonopodial: cresce continuamente na ponta do caule”. “Inflorescência terminal, ereta, com cerca de 30 cm de comprimento, de racimo simples ou pouco ramificado com um aglomerado apical de flores que se abrem em sucessão. As flores são pequenas, medindo 2,5 a 4 cm de diâmetro, duram 15 dias e possuem grande diversidade de cores (branco, laranja, róseo, vermelho). As sépalas são cobertas com cera, o lábio é amarelo e as bordas possuem franja. Surgem quase o ano todo”.

É encontrada em vários estados brasileiros, em serras com afloramentos rochosos, de altitude variando entre 200 e 1000 m”.

Propagação:

“Multiplica-se por sementes, por divisão da planta e por mudas nas hastes florais, especialmente depois que as flores caem. Após essas mudas estarem com raízes, basta retirá-las e plantá-las em novos vasos ou na terra[i]”.

Observação endógena: esta é mais uma orquídea que foi adquirida por meio de uma excelente permuta! Apesar de ser originalmente uma orquídea terrestre, está sendo cultivada de maneira epífita, em vaso de plástico. Já emitiu novas estruturas, floriu bastante e produziu diversos keikes. As flores formam esse lindo buquê, uma espécie de "bola de fogo", são duradouras e vão se abrindo à medida que a haste também vai se erguendo. O keikes produzidos já surgem bastante vigorosos e emitem raízes fortes muito facilmente.
Espero que gostem!

terça-feira, 8 de junho de 2021

398 - Orquídea: Trigonidium obtusum


“Trigonidium obtusum tem cerca de 15 cm de altura e produz hastes florais curtas. Os pseudobulbos são comprimidos e oblongos, com duas folhas lanceoladas. As hastes florais brotam do rizoma e na terminação produzem apenas uma flor. A flor é amarelada a rosada, com veias roxas e manchas azuis e tem aproximadamente 1 cm. A produção das flores pode durar até dez dias e após abrirem duram de quatro a dez dias; durante as horas mais quentes do dia liberam uma fragrância doce semelhante à do limão[i].
Origem: Brasil, México e Peru;

Clima: quente e úmido;

Vegetação: epífita de ambientes florestados;

Floração: primavera.


Observação endógena: olá pessoal, cá estou eu com mais uma postagem de floração inédita aqui no orquidário! Esta é simplesmente minha segunda planta do gênero Trigonidium (uma delas, a Trigonidium acuminatum é daqui mesmo da minha região), já esta foi adquirida de fora, comprada de um orquidário online. Está se desenvolvendo muito bem na condição de epífita, plantada num vaso de plástico com substrato casca de pinus, carvão e esfagno. 

O bom sinal do seu desenvolvimento foi justamente a produção de flores no início deste ano, sendo duas ao todo e eu fiz o registro de uma delas, conforme foto acima.

______________________

[i] Disponível em: https://en.wikipedia.org/wiki/Trigonidium_obtusum Acesso em set. 2020

Amigos e Seguidores