segunda-feira, 22 de abril de 2019

374 - Orquídea: Cattleya Labiata semi-alba var. 'amoena'

"Pétalas e sépalas são de um branco puro. O labelo também branco em seu fundo, mas apresentando a superfície do lobo anterior tingida por um leve colorido róseo ou róseo-cárneo, na forma de uma mancha uniforme, traços ou veios. A fauce é amarelada com veios longitudinais áureos”.

Observação: "a pronúncia do adjetivo latino amoena é amena, pois o ditongo latino ae tem pronúncia de e. O detalhe da var. amoena está no branco puro de suas peças florais. Existe uma discussão no sentido de que por causa da cor branco puro, talvez essa flor pudesse ser confundida com a variedade semi-alba. No entanto, precisa ser ressaltado de que a cor do labelo da var. semi-alba sempre deverá ser a cor purpúrea”[i].

Observação endógena: esta é uma orquídea cattleya labiata encontrada aqui na região de Palmeira dos Índios/AL e, dentre tantas outras avistadas por aqui e especialmente sobre as matrizes a que tive acesso, apenas esta apresentou floração incomum, demonstrando não ser apenas uma Cattleya labiata tipo (como o é a maioria), mas excepcionalmente uma variedade lindíssima.
Acho que não se pode falar muito sobre ela, basta apreciar esta incrível floração!
Enfim, agradeço ao amigo e orquidófilo Pedro, de Pernambuco, que me ajudou a identificá-la a partir dos seus contatos com tantos outros orquidófilos, especialmente de um grupo do Rio Grande do Sul, que se dedica ao estudo das labiatas.

[i] Disponível em: FEDERAÇÃO GAÚCHA DE ORQUIDÓFILOS - FGO; COMISSÃO TÉCNICA: Cattleya labiata e suas variedades. Classificação para fins de julgamento.
Disponível em: http://www.fgors.com.br/cattleya-labiata-e-suas-variedades/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Amigos e Seguidores