terça-feira, 24 de setembro de 2019

Maxillaria ochroleuca - flores 2019

Esta é uma daquelas Maxillarias bem diferenciadas, especialmente para quem cultiva orquídeas em regiões de clima quente e seco, como o é no meu caso. Eu já devo ter dito em postagens anteriores que tentei o cultivo de algumas outras orquídeas do gênero maxillaria, mas sem sucesso (as quais vinham a morrer muito rapidamente por conta, especialmente - eu acho - dessa baixa umidade climática). É preciso deixar claro, para quem cultiva orquídeas, que o insucesso no cultivo de um gênero ou outro não significa a incapacidade do (a) cultivador(a); o que está em questão - muitas vezes - são as especificidades de cada gênero de orquídeas, os quais exigem condições, manejo, cuidados e insumos diferenciados... Talvez seja este um dos maiores fascínios quando se cultiva orquídeas (esse desafio, essa descoberta diária, a possibilidade de ver a evolução da planta e quem sabe, o coroamento do cultivo, com a floração).
Bem, mas o que quero deixar registrado mesmo é que disponho de duas orquídeas do gênero maxillaria que estão se desenvolvendo muito bem: a Maxillaria tenuifolia e esta Maxillaria ochroleuca.
Foi uma produção de apenas 07 flores que exalaram um perfume muito incrível, entre fins de julho e início de agosto deste ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Amigos e Seguidores